segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

(um tipo de) Medo...


Tô com medo. Tem um carinha batendo na porta do meu coração...

|Mila F

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Carnaval 2018: um marco histórico

Ao invés de COLOCAR máscaras e fingir uma felicidade que não existe durante o resto do ano,
O Brasileiro resolveu TIRAR as máscaras e denunciar tudo o que de ruim há no país!
Pode existir felicidade, mas ela coexiste com:
estupro, violência, corrupção política, preconceito e pobreza...
Precisamos falar sobre isso, sim! Até mesmo no Carnaval.

Finalmente sinto avanço nas posturas e nos pensamentos das pessoas... na forma de ver o outro, e ver o país.

Mila F.



sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Poupe-me da sua opinião sobre o que eu deveria ser, usar ou fazer


Meu bem, EU não estou procurando a sua aprovação;
o que estou procurando mesmo, é a minha felicidade.
Poupe-me da sua opinião sobre o que eu deveria ser, usar ou fazer. 
Eu realmente não me importo com isso. 

Mila F.


quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Então por que machucamos os outros?

Nascemos todos exatamente como devemos nascer
e da forma que nascemos deveríamos ser amados,

no entanto, as próprias pessoas criaram o
preconceito ou padrões de beleza,
que fazem com quem não se ame o "diferente"

Não amar torna toda a vida vazia...

Balões vazios...

Folhas seca...

Frutas podres...

e sempre que não praticamos o amor e perpetuamos os preconceitos
estamos destruindo alguém,
estamos machucando alguém

Você se ressente quando alguém te machuca? 
Então por que machucamos os outros?

Vê?
Então pare e deixe de ser tão escroto(a)!

|Mila F.

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Você pode ser feliz do jeito que quiser

Não existe felicidade só por estar junto de alguém, a felicidade existe independente dessa "companhia", acho até que ser feliz com alguém depende não só do sentimento de reciprocidade, mas de quão você é respeitada e valorizada dentro desse relacionamento.

Então, gata, você pode ser feliz do jeito que quiser: com alguém ou sozinha, deve haver um respeito e valorização e isso começa consigo mesmo...

Vai sorrir, vai passear, vai observar a vida com outros olhos. Sai sozinha para um barzinho faz um viagem, se curte. Quando a gente aprende a fazer isso e deixa de se importar com as perguntas: 'Tá namorando?" "Ainda tá solteira?" "Tá sozinha porque quer, né?", a gente acaba - inevitavelmente - encontrando alguém que saiba fazer o mesmo que a gente e aí, quando essas almas se encontram vamos sentir que encontramos um lar.

Pode até demorar para encontrarmos um lar, mas cada coisa tem o tempo certo, o que não tem tempo certo e não é certo em tempo algum é a ignorância das pessoas de acharem que por sermos mulheres temos que ser felizes acorrentadas a qualquer homem, mesmo que ele não nos respeite e nem nos valorize... Aí, meu bem, vale aquele ditado popular incontestável e perene: "Antes só do que mal acompanhada"....

Até porque ser feliz sozinha é possível, mas às vezes tentar ser feliz acompanhada pode se tornar um pesadelo.

|Mila F.

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

O amor tem desigualdades e incorrespondências

Às vezes o que estamos dispostos a fazer por uma pessoa, não é o mesmo que ela está disposta a fazer por nós. Tudo o que podemos fazer é aceitar, por mais frustante que seja. O amor tem desigualdades e incorrespondências. Não tem a mesma medida.

|Mila F.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...